fotoboa

Bravura, força sobre-humana, comprometimento com a verdade e a justiça. São tantas qualidades  fica fácil entender porque as meninas estão apaixonadas pela Mulher Maravilha e os pais encantados com tanto bom exemplo. Confira maneiras de despertar a Mulher Maravilha em sua filha.

Em entrevista divulgada pela Warner Bros, a intérprete da personagem, Gal Gadot, entende o encantamento e levanta uma questão importante sobre a trajetória da heroína também conhecida como Diana. Destaca a infância da Mulher Maravilha que já era uma garota destemida, porém superprotegida pela mãe.

“Quando você a conhece ela tem apenas 5 ou 6 anos. É curiosa, corajosa, aprendeu a lutar, mas sua mãe protetora não a permite viver tudo isso”, conta.

O comportamento da  mãe da Mulher Maravilha, não é fruto da ficção. Tanto que uma pesquisa, realizada em 2015 pela Pew Research Institute, aponta que a maior parte das mães, sete em cada dez, se considera superprotetora.

O problema desse comportamento é que junto com a proteção, as mães privam suas filhas de experiências importantes para o desenvolvimento de habilidades e da autoconfiança.

Na ficção, foi somente depois de assumir o risco de sair de casa e dos cuidados da mãe que a Mulher Maravilha percebeu o seu potencial e se transformou na heroína que conhecemos e amamos.

A lição que podemos tirar dessa história é que não importa se sua filha tem seis ou dezesseis anos. O importante é ajudá-la a crescer autoconfiante e independente! Para isso aqui vão algumas dicas:

 Apenas observe

Quando você vê sua filha tentando pegar o cereal em uma prateleira alta, você faz isso por ela?

Ainda realiza o pedido em restaurantes, mesmo que ela tenha idade suficiente para ler o menu e tomar suas próprias decisões? Quando há um problema na escola, ao invés de deixá-la solucionar, resolve primeiro?

Se você dissesse sim a qualquer uma destas questões, talvez precise se espelhar na irmã da mãe da mulher maravilha, a Antiope. Para ela a uma mãe deve preparar a filha para o mundo.

Quando você tentar resolver tudo, está impedindo sua filha de desenvolver a confiança em si mesma, fazendo com que ela duvide de suas capacidades.

 Incentive aventuras

À medida que ela cresce é importante reunir-se com os amigos para se divertir em uma festa, acampamento ou viagem. Isso dará a ela a sensação de liberdade, mas também de autossuficiência.

Assim como a Mulher Maravilha, sua filha também vai querer deixar o ninho, e essas situações ajudarão a prepará-la para as mudanças que estarão por vir a partir deste dia.

 Torça por ela

Quando a filha fala a mãe que deseja ajudar a acabar com a guerra, sua mãe não acredita, embora durante o processo ela se torne a Mulher Maravilha!

Se você, assim como ela, está preocupada com os objetivos de sua filha, não a desencoraje. Mesmo que os sonhos pareçam fora de alcance.

Essa trajetória pode ser de grande aprendizado para ela, além de contribuir para que se torne uma pessoa mais resiliente, pronta para os altos e baixos da vida.

E quem é que sabe do futuro? Talvez ela atinja o seu objetivo! Afinal, a vida é cheia de surpresas e sua filha também.

Texto traduzido e adaptado do site Girls Scouts pela equipe Força Meninas.

Deixe um comentário