Colagem: Daniela Nóbrega

Colagem: Daniela Nóbrega

Informação hoje em dia é o que não falta. Difícil é saber quais delas são relevantes para nós e, ainda mais importante, quais são confiáveis e verdadeiras. Pensando nisso, a equipe da Força Meninas compila periodicamente o que há de mais essencial e importante para você que tem como missão fortalecer uma menina. São notícias, artigos, vídeos e demais conteúdos sobre elas ou sobre assuntos que tangenciam o seu mundo. Tudo para que vocês possam tomar decisões informadas e qualificadas e ela possa trilhar o caminho que escolher.

Na última semana, tivemos uma das datas mais especiais do ano: Dia Internacional da Mulher, no dia 8 de março. Como sempre, muitos materiais incríveis foram produzidos em comemoração ao dia. Confira a nossa seleção:


1) FOTO HISTÓRIA: Mulheres constituintes – As 26 parlamentares que atuaram na Constituinte de 1988, em registros fotográficos e discursos da época.

Nesse especial do Senado, lembramos as mulheres que ajudaram a construir a Constituição de 1988, conhecida como Constituição Cidadã e que garantiu a igualdade entre homens e mulheres, prevendo direitos como a licença-maternidade de 120 dias. Acesse aqui


2) Se a desigualdade salarial é inaceitável para crianças, por que a aceitamos quando adultos?

Campanha do setor financeiro da Noruega que mostra a reação de crianças ao serem injustamente recompensadas pela mesma tarefa. O vídeo tem legendas em inglês, mas mesmo que você não fale o idioma, vai entender o recado. Acesse aqui.


3) A história de Valentina Schulz, ex-participante do MasterChef Junior que sofreu com comentários pedófilos. Agora ela conta como lida com isso.

No dia seguinte à exibição do primeiro capítulo de MasterChef Kids, os colegas da escola me contaram dos comentários de pedófilos. Eram adultos falando do meu corpo, de mim. Fiquei chocada; como alguém faz aquilo com uma criança. Não fui ler porque me deixaria triste demais. Só uns três meses depois, vi os tais posts.” – Acesse aqui.


4) Mulher assume direção da Poli-USP pela primeira vez em 124 anos
Liedi Bernucci assumiu a direção de uma das mais tradicionais escolas de engenharia do país no último dia 7 de março. Aos 59 anos, ela conta que quando entrou na faculdade as mulheres eram apenas 5%. Os 20% de hoje são, portanto, motivo de muito orgulho. Conheça sua história aqui.


5) Alunas do Colégio Santo Inácio fazem protesto para poder usar bermuda fora das aulas de educação física
Alunas do Ensino Médio do Colégio Santo Inácio protestaram na porta da instituição contra a proibição do uso do uniforme de educação física em outras aulas. Segundo elas, só os rapazes podem usar a bermuda de ginástica do dia a dia da escola, localizada em Botafogo, Zona Sul do Rio. As estudantes combinaram de assistir as aulas usando a peça no Dia Internacional da Mulher, e o protesto teve apoio das mães, que foram até a porta do colégio. Leia aqui.


6) O drama das meninas que se casam crianças.
No Brasil, 877 mil mulheres entre 20 e 24 anos se casaram quando tinham até 15. Leia a reportagem completa aqui.


7) Desde pequenas, meninas já consideram a engenharia uma atividade só para meninos, diz estudo
Pesquisa feita com crianças, pais e professores no Brasil, na Argentina e no México mostra como incentivos diferentes começam a limitar a igualdade de oportunidades para homens e mulheres desde a infância. De acordo com o levantamento, nove em cada dez meninas com entre 6 e 8 anos associam a engenharia com afinidades e destrezas masculinas. Leia aqui.

Deixe um comentário