Como Moana pode ajudar a sua menina a compreender sua voz interior?

moana

Cinderela, Branca de Neve, Bela Adormecida, Rapunzel…Faço parte da geração que cresceu com as histórias de princesas. Reconheço todas as qualidades que essas “heroínas” da minha infância demonstravam, mas admito que o final feliz apenas concretizado no encontro com o príncipe não me ajudou a encarar os desafios que a vida traria no meu caminho. No dia a dia, os desafios enfrentados por mulheres e meninas são muito maiores do que o encontro de um par romântico.

Moana é uma mulher forte com um sonho grande: salvar o seu povo. É fácil comparar as maneiras como a Moana representa a evolução da Disney. Com a aparência inspirada nas havaianas, ela chama atenção por seus belos cabelos encaracolados, pele morena e físico atlético.

Muito mais do que sua a aparência distante dos estereótipos das princesas, o ponto forte da personagem é sua personalidade e os dilemas importantes que ela  atravessa ao ingressar na vida adulta.

O primeiro deles é a auto-realização. Moana tem que cumprir sua obrigação com seu povo o  que significa suprimir o que ela realmente quer. Apesar de ter o pé firme no chão, ela mantém seu olhar sempre no horizonte e começa o processo de escutar sua voz interior para compreender o seu incomodo.

Moana  traz a reflexão de que quando ignoramos nossos verdadeiros e mais íntimos desejos, o resultado é a profunda insatisfação e tristeza.

No filme, Moana conta com o apoio de sua avó, Gramma Tala que a ajuda a perceber a importância de ouvir sua voz interior e canta:

Você pode ouvir uma voz dentro

E se a voz começar a sussurrar

Para seguir a estrela mais distante

Moana, essa voz dentro é

Quem é você.

O autor da música de Moana, Lin-Manuel Miranda pensou profundamente sobre isso enquanto escrevia letras para Moana. Ele disse: “Ela tem uma família que ela ama, uma ilha que ela ama, mas há uma voz lá dentro que está chamando. A idéia de acalmar a vida o suficiente para que você possa ouvir essa voz interior era algo que realmente vale a pena escrever sobre … “.

A maioria de nós precisa praticar o silêncio o suficiente para conseguir ouvir nossas vozes interiores. Quando começamos a prestar atenção, podemos descobrir que nossas vozes internas têm muito a dizer. Em vez disso, muitos de nós adquirimos o hábito de ignorar nossa voz interior, e nossas meninas aprendem o mesmo conosco.

Você quer ouvir o que sua voz interior tem a dizer, e ajudar suas meninas a fazerem o mesmo?

Experimente as três estratégias a seguir para entrar em contato com esse sussurro interior.

1)Nomeie-a e compartilhe-a.

Deixe seu filha saber que ter uma voz interna não significa que elas estão loucas, isso significa que elas são humanas. Algumas pessoas a chamam de um instinto, uma curiosidade ou uma paixão. Todos nós temos essa voz interior que sabe quietamente o que realmente sentimos ou queremos. Fale sobre sua própria voz interna. Não tem que ser  sobreuma grande mudança, pode começar por algum comum que você gosta muiyo. Quanto mais você praticar, mais natural será sintonizar-se com o que sua voz interna está dizendo.

2) Crie um diário.

Para muitas crianças, escrever ou desenhar em um diário é uma maneira socialmente aceitável de praticar a atenção plena.  Um caderno fornece um lugar seguro, sem julgamentos para  que explore um território emocional novo.

3)Coloque algumas regras no uso de celular e televisão.

À medida que nossos filhas ficam mais velhas, a tecnologia muitas vezes se torna uma parte cada vez maior de suas vidas. Estalar, enviar mensagens de texto, ler e assistir em uma tela também se torna mais uma distração de ouvir nossos próprios pensamentos.

O silêncio mental é tão importante para a prática de nós mesmos quanto para reforçar com nossas filhas. Em vez de impor um novo conjunto de regras, enquadre isso como uma experiência. Por exemplo, todos poderiam tentar colocar telefones de distância por uma tarde inteira. Depois, discuta como todos sentiram-se ao abandonar o hábito de tecnologia por um tempo. Você se sentiu mais em sintonia com seus pensamentos? Mais calma? Mais criativa? Entediada? Com o tempo, prolongue  a experiência para um dia inteiro ou até mesmo um fim de semana.

Sintonizar e respeitar nossas vozes internas não é apenas uma coisa linda para fazer, ou um tema de conversa divertido. É um modo de vida. Para Moana, seguir sua voz interior significa felicidade, atingir todo seu potencial e salvar seu povo. Se você quer que suas filhas saibam o que é importante para elas e tornem seus sonhos realidade, sintonizar suas vozes interiores é um bom lugar para começar.

Você já assistiu Moana com sua família? Que conversas você tiveram sobre este filme? Gostaríamos muito de ouvir seus pensamentos nos comentários.

Texto livremente traduzido e adaptado de  artigo publicado por Simone Maureen, Girls Leadership.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *